Buscar
  • Policiais Antifascismo RN

Policiais Antifascismo emitem nota de apoio ao IFRN

Atualizado: Abr 28

Pela autonomia e respeito à comunidade escolar. Retroceder jamais diante do autoritarismo


Nós, do Movimento Policiais Antifascismo do Rio Grande do Norte, manifestamos nosso todo apoio e solidariedade à comunidade composta por professores, alunos e funcionários do IFRN, indignados com a manobra tosca, ilegal e autoritária do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, de nomear um reitor temporário para a instituição, que nem sequer participou de eleição para o cargo, em desrespeito à lei, e, principalmente, afrontando decisão democrática e soberana da comunidade escolar, que escolheu, pelo voto, o Professor José Arnóbio como reitor.

A Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394/1996) é bem clara quando diz que um dos princípios da educação nacional é a gestão democrática, da mesma forma o que estabelece a Constituição Federal, em seu artigo 206, inciso I. Como policiais, defensores da legalidade e da ordem democrática, acostumados a sofrer injustiças de gestores autoritários, acostumados a um modelo decrépito de gestão policial, não podemos tolerar que tais autoritarismos também sejam reproduzidos no ambiente escolar, lugar de exercício da democracia, da liberdade de expressão e da livre manifestação de ideias, em busca do conhecimento.

Seguiremos juntos nesta caminhada, com toda a comunidade do IFRN em busca de seu reitor de fato e de direito, de cabeça erguida, sabendo que servidores da segurança pública, bem como da educação, são todos trabalhadores na luta contra o fascismo, e o obscurantismo de ministros reacionários de governos mais autoritários ainda.


FASCISTAS E FACÍNORAS NÃO PASSARÃO!

67 visualizações
QUER RECEBER NOSSO
BOLETIM INFORMATIVO?
  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Instagram
  • Siga-nos no Youtube
  • Siga-nos no Twitter

© 2020. Movimento Policiais Antifascismo RN. Todos os Direitos Reservados. Permitida a divulgação dos conteúdos, desde que mencionada a fonte e fazendo uso ético das informações.

  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Instagram
  • Siga-nos no Youtube
  • Siga-nos no Twitter