Buscar
  • Policiais Antifascismo RN

Cortando a cabeça dos generais...

Quais as diferenças entre Bolsonaro e César Bórgia? Para nós, Policiais Antifascismo, nenhuma...

Já perceberam que toda vez que a corda aperta no pescoço de Bolsonaro, ele demite um ministro? Seria isso mera coincidência ou uma estratégia pensada?

Vamos por partes...


É sabido que o presidente não detém grande inteligência comunicativa, social ou interativa com a população, e isso já se comprovou quando, inúmeras vezes, o mesmo se expôs ao público e despejou palavrões, erros ortográficos, históricos, éticos e muito mais que você possa imaginar.


Porém, ninguém chega à presidência sem apoios por trás. Há sempre pessoas que lhes dizem o que fazer, pelo menos no âmbito administrativo. Impedir que ele fale asneiras e vomite preconceitos é impossível, mas traçar a estratégia política, sim, isso é bem possível e bem real.


A vigésima sexta lei ("Mantenha as suas mãos limpas") do livro As 48 Leis do Poder, de Robert Greene, que explica bem o que queremos expressar:


Conta a história de que César Bórgia, governador de Roma, precisava tomar uma região de seu interesse. Ele mandou um general para lá com seu exército e usou da extrema violência para tomar as terras o mais rápido possível. Deu total liberdade para o general fazer as maiores atrocidades, desde que ele conseguisse tomar aquelas terras e instaurar o seu governo lá.
Porém, a população ficou revoltada com tamanha violência, então, sabem o que César Bórgia fez? Como ele tinha em mãos o pseudo-autor das atrocidades, seu bode expiatório, executou o tal general em frente à população, aumentou a oferta de alimentos e criou dias de festa para o povo: a velha política do pão e circo.
A população ficou feliz e foi mais fácil aceitar seu governo.

Sacaram agora o porquê de tantos ministros bizarros no governo Bolsonaro?


Todos os ministros de Bolsonaro funcionam como generais, pessoas escolhidas a dedo com ânsia de poder, pessoas que não existiam até então.


Todas têm as mesmas características: falam pelos cotovelos, são preconceituosas, vomitam antiética, pedem por AI-5 e agem contra sua própria agenda, que deveriam proteger.


Todos eles são generais do mal!


Quando algum percebe onde amarrou seu bode, cai fora de forma deliberada, como foi o caso de Nelson Teich. Já outros tentam continuar dentro do jogo, de forma maquiavélica, usando sua posição para brilhar, porém, a lei número 1 das 48 leis do poder é clara: Não ofusque o brilho do mestre! Mandetta quebrou essa lei e foi cortado.

Os mais ignorantes continuam no jogo esperando a proteção de seu mestre.


Coitados! Tão "espertos", não percebem a navalha sendo afiada para cortar suas cabeças. E isso serve, também, para o baixo escalão, viu, Sérgio Camargo?


O jogo dos tronos não é para qualquer um. A primeira temporada mostrou isso muito bem para Ned Stark.


O "mito" sabe perfeitamente como usá-los. Lhes dá liberdade total para agirem da forma mais bizarra possível e, quando chega o momento, lhes arranca a cabeça em público.


A cabeça de Weintraub vai em uma bandeja para o STF! Serve também para tirar a atenção do caso Queiroz.

A grande diferença de César Borgia para Bolsonaro é que César ainda aumentou o "bolsa família" dele. Por aqui, Bolsonaro diminuiu as verbas para o Nordeste, região que mais precisa desse programa.

Não nos admira se ele, por estes dias, falar em liberar o futebol.


Bolsonaro, nós, Policiais Antifascismo também lemos os clássicos e estamos atentos à História, aos livros que nos munem dos fatos e das típicas ações de "mestres" em busca de poder, status e holofotes, fazendo uso de violência, corrupção e mentiras... A diferença entre nós e sua equipe é que somos milhares!

110 visualizações
QUER RECEBER NOSSO
BOLETIM INFORMATIVO?
  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Instagram
  • Siga-nos no Youtube
  • Siga-nos no Twitter

© 2020. Movimento Policiais Antifascismo RN. Todos os Direitos Reservados. Permitida a divulgação dos conteúdos, desde que mencionada a fonte e fazendo uso ético das informações.

  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Instagram
  • Siga-nos no Youtube
  • Siga-nos no Twitter